segunda-feira, 17 de abril de 2017

Resenha - HQ - Sandman Prelúdio 3

Olá, bom dia gente! Hoje vim falar para vocês sobre o terceiro e último volume de Sandman Prelúdio. Caso queiram ver a resenha que fiz dos outros volumes, é só clicar aqui . A saga Sandman, criada com maestria por Neil Gaiman, ganhou um espaço muito especial no meu coração, e esse último volume fechou o arco que antecedeu a história dos perpétuos, me deixando feliz mas ao mesmo tempo triste por ter acabado.
Os três volumes do Prelúdio são ideais para quem já leu as versões definitivas, então não deixem de ter essa experiência única. O estilo de Neil Gaiman é singular e excêntrico e sua obra é cativante. Para quem gosta de psicodelia, é mais do que indicado.


Os prelúdios contam a história por trás do que deixou Sonho vulnerável a ponto de ser capturado na edição em que Sandman teve sua estreia. Ou seja, esse arco deve ser lido preferencialmente pelos que já conhecem Sandman.


Nesse volume, Sonho encontra Noite, sua mãe, o que achei o máximo, pois ela ainda não havia aparecido nos outros volumes. Sonho busca reverter a situação catastrófica em que o mundo se encontra, uma guerra universal. E assim, ele tenta reverter, juntamente com uma das facetas de si mesmo em forma de gato, a situação em que sente ser o responsável.
Nesse último volume também vemos Delirium e Destino, irmãos de Sonho.
Vai deixar saudade! :(

Noite, mãe de Sonho.

Uma das facetas de Sonho em forma de gato.
A resenha foi curta porque esse volume é bem pequeno mesmo, li junto com meu namorado em um pouco mais de 40 minutos. E isso tudo porque gosto de apreciar as ilustrações que são belíssimas.
Recomendo muito toda a saga Sandman, é uma experiência realmente única. Todos deveriam ler!
Até mais, e boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Resenha - Mestre Gil de Ham

Bom dia gente! Hoje vim resenhar para vocês o segundo livro que li do mestre da fantasia J. R. R. Tolkien: Mestre Gil de Ham. É um livro cu...